Filtres OKLINE

Eficácia dos filtros de germes OKLINE

Segue-se uma lista não exaustiva de bactérias patogénicas e não patogénicas que podem estar presentes na água da rede:

Bactérias patogénicas

  1. Escherichia coli (E. coli)
  2. Salmonella spp.
  3. Campylobacter jejuni
  4. Vibrio cholerae (cólera)
  5. Legionella pneumophila (legionelose)
  6. Shigella spp.
  7. Yersinia enterocolitica
  8. Pseudomonas aeruginosa
  9. Clostridium perfringens
  10. Staphylococcus aureus

Bactérias não patogénicas

  1. Bacillus spp.
  2. Enterococcus spp.
  3. Acinetobacter spp.
  4. Lactobacillus spp.
  5. Micrococcus spp.
  6. Pseudomonas fluorescens
  7. Serratia marcescens
  8. Stenotrophomonas
  9. maltophilia
  10. Aeromonas spp.
    Alcaligenes spp.

É importante notar que a presença destas bactérias na água da rede depende de muitos factores, tais como a qualidade do abastecimento de água, o tratamento da água, a manutenção da rede de distribuição e outros factores ambientais. Na maioria dos casos, as autoridades responsáveis pelo abastecimento de água esforçam-se por manter elevados padrões de qualidade da água, efectuando testes regulares e tomando medidas para evitar a contaminação bacteriana.

As bactérias com menos de 0,1 microns são geralmente consideradas “bactérias ultramicroscópicas”. Estas bactérias são extremamente pequenas e podem passar pelos filtros tradicionais de purificação de água. Eis alguns exemplos de bactérias ultramicroscópicas:

  1. Mycoplasma pneumoniae
  2. Chlamydia trachomatis
  3. Rickettsia prowazekii
  4. Coxiella burnetii
  5. Anaplasma phagocytophilum
  6. Ehrlichia chaffeensis